Solução de um problema de corrosão persistente com a tecnologia 3D Trasar™ for crude overhead systems

  1. Nalco Champion - Início
  2. Tecnologia 3D TRASAR para refino

Fale conosco

LIGUE PARA NÓS

Nalco Champion Brasil
Avenida das Américas, 3434, Bloco 7 – salas 701 a 704
Barra da Tijuca, RJ, Brasil, 22631-003

Para obter mais informações sobre os produtos e soluções da Nalco Champion, preencha o formulário e um representante da Nalco Champion entrará em contato com você. Ou ligue para 55 21 35014300 | E-mail: nalcochampion@ecolab.com

Fale um pouco sobre você
Onde você está localizado?
Como podemos falar com você?
Em que podemos ajudar?

a situação

Uma refinaria da costa do golfo tinha um histórico de falhas por corrosão nos feixes superiores da unidade de petróleo bruto, com custo superior a US$ 1,0 M/ano em equipamentos, mão de obra e produção perdida. A refinaria em questão precisava desobstruir tubos, trocar tubos de trocadores ou substituir trocadores com frequência de até cada dezoito meses.

A automação do programa de controle de corrosão melhorou dramaticamente o desempenho em termos de corrosão, economizando para o cliente US$ 1,16M/ano em custo total de operação.

Time-Icon

a solução

As metas do cliente eram ir de uma parada de manutenção programada a outra sem experimentar tempo de inatividade ou perda de produção devido a falhas por corrosão. O desempenho insatisfatório da parte superior estava afetando a segurança e a exposição ambiental da refinaria. Havia suspeita de que grande parte dos danos causados por corrosão ocorreu intermitentemente como resultado de mudanças operacionais. O cliente precisava de uma maneira de medir e monitorar as condições de corrosão resultantes de mudanças para ligar diretamente ao desempenho em termos de corrosão.

resultados

A taxa de corrosão histórica era em média 10 MPY (a taxa de corrosão real devido a falhas reais era mais próxima de 40 MPY). Em modo de monitoração ocorreram danos consideráveis durante vários contratempos (quedas de pH e surtos de cloro/Fe) resultantes de operação insatisfatória do dessalinizador, petróleo bruto contaminado e perda de injeção cáustica. Com o elo entre os contratempos e as mudanças operacionais estabelecido, 3DTCOS foi colocado em modo de controle para atingir um novo benchmark de menos de 4 MPY. O desempenho geral em termos de corrosão melhorou 70% com um ROI calculado de US$ 5,0M para uma taxa mínima de quase 7:1.

Ver todas as históriasLeia mais