Teste hidrostático mais ecológico

Histórias de soluções
  1. Início
  2. Teste hidrostático mais ecológico
waterdropicon
O teste hidrostático é um passo crítico na avaliação da integridade dos dutos. Os dutos ficam cheios de água e recebem mais pressão além daquela de funcionamento normal. Uma queda de pressão indica uma quebra em algum lugar do sistema.

O desafio é que a água do teste hidrostático é corrosiva e sua eliminação custa caro. A água do teste hidrostático contém microrganismos, oxigênio e sedimentos para acelerar a progressão da corrosão. Além disso, devido ao grande volume de água utilizado, o tratamento pode ser muito dispendioso. Todos os contaminantes químicos da água devem ser eliminados antes de ser lançada ou descartada em poços. Em alguns casos, por causa destes custos extras, a água não é tratada à custa da integridade do duto.

Um cálculo simples permite aos nossos clientes reduzir significativamente seu consumo de água e os custos com produtos químicos.

1000 km

Para resolver essas situações, começamos a testar um novo protocolo. A inibição de pós-teste hidrostático (PHI) foi projetada para mitigar problemas com procedimentos de teste hidrostático convencionais, mantendo a eficácia do teste na detecção de vazamentos de oleodutos. Após a realização do teste hidrostático inicial, a água residual é recolhida e testada. A concentração de produtos químicos é ajustada para assegurar níveis desejáveis de inibidor de corrosão para o próximo trecho do duto. Menos produtos químicos e muito menos água são utilizados, o que diminui significativamente o custo do tratamento e o impacto ambiental.

• Mais de 1000 km de tubulação já foram tratados, o que representa uma enorme economia no uso da água e custos com produtos químicos
• A água é relançada na fonte de modo responsável, minimizando as mudanças no equilíbrio hídrico e no meio ambiente
• É a maneira mais econômica e ambientalmente correta de preservar efetivamente a integridade dos dutos
Ver todas as histórias