1. Nalco Water - Início
  2. Novo estudo investigativo constata que moscas de frutas são capazes de transmitir bactérias perigosas, apresentando riscos para a segurança de alimentos

Novo estudo investigativo constata que moscas de frutas são capazes de transmitir bactérias perigosas, apresentando riscos para a segurança de alimentos

21 de maio de 2018

ST. PAUL, Minn.--(BUSINESS WIRE)-- As moscas de frutas são há muito uma fonte de aborrecimento para operadores de restaurantes, serviço de alimentação e processamento de alimentos. Mas agora, novas pesquisas mostram que essas pragas minúsculas podem desempenhar um papel mais sinistro: disseminar doenças - induzindo patógenos bacterianos em alimentos e superfícies de preparação de alimentos.

O estudo, conduzido por cientistas da Ecolab, provedora líder de soluções de eliminação de pragas para os setores de serviço de alimentação, processamento de alimentos e varejo de alimentos, foi publicado recentemente no Journal of Food Protection*. O estudo encontrou evidência de capacidade das moscas de frutas de transmitir bactérias prejudiciais de uma fonte contaminada para superfícies ou alimentos prontos para comer. De acordo com dados coletados pela equipe de campo da Ecolab, que fornece opções de tratamento completo e localizado para moscas pequenas, as moscas de frutas estão presentes em mais da metade das instalações de serviços de alimentação.

"Nossa pesquisa confirma que o risco de moscas de frutas para a segurança de alimentos é uma ameaça tão grande quanto a de outras pragas, como baratas, roedores e moscas domésticas", disse o Dr. John Barcay, cientista sênior da Ecolab e autor do artigo, "Moscas de frutas como vetores potenciais de doenças transmitidas por alimentos".

Em experimentos em laboratórios, os pesquisadores usaram caixas feitas especialmente para moscas para avaliar a capacidade das moscas de frutas de transferir as bactérias E. coli, Salmonela e Listeria de uma fonte de alimento contaminada para as superfícies das caixas. Eles também examinaram a capacidade de moscas de frutas de transferir E. coli de uma fonte de alimento contaminada para alimentos não contaminados. Por último, os pesquisadores investigaram a capacidade das moscas de frutas de transferir bactérias - e a parte de seus corpos onde é mais provável que transportem os micro-organismos.

Os resultados mostraram que as moscas de frutas são capazes de transmitir as bactérias e.coli, salmonela e listeria para superfícies e transmitir e.coli de uma fonte contaminada para alimentos frescos, prontos para comer. Os dados mostraram que, em média, uma mosca de fruta tinha a capacidade de transmitir 1.000 bactérias "estranhas" (faixa de 150 a 10.000) - micro-organismos que não fazem parte de sua flora natural. Solo, biofilme e bactérias foram encontrados nas áreas do tarso e das pernas.

"A presença mesmo de um número pequeno de bactérias patogênicas transmitidas por moscas de frutas para superfícies de preparação de alimentos ou alimentos prontos para comer pode resultar em alta probabilidade de infecção", disse Barcay. "Isso, em conjunto com crescimento bacteriano potencialmente rápido em muitos alimentos prontos para comer, indica que uma infestação de moscas de fruta pode apresentar um risco para a saúde pública em restaurantes e outras instalações de serviços de alimentação."

Os coinvestigadores do estudo, E. P. Black, G.J. Hinrichs, D.B. Gardner e Barcay concluíram que os operadores de alimentos podem reduzir o risco sendo "prudentes ao eliminar moscas de frutas por meio de limpeza e desinfecção adequadas de locais de reprodução potenciais". Esses locais - geralmente qualquer lugar onde detritos de alimentos e fluidos aquosos podem ser coletados e estagnar - incluem drenos de piso, tubulações de drenagem de sistemas de dosagem de bebidas e pisos com água estagnada. Além disso, os autores concluem que "é muito importante que as instalações de manuseio de alimentos trabalhem com parceiros de gestão de pragas de boa reputação, que saibam como inspecionar locais de reprodução de moscas de frutas, executar métodos químicos e não químicos de eliminação de moscas de frutas e manter boa comunicação com a gerência e o pessoal das instalações sobre a manutenção da integridade estrutural".

* Para obter mais informações sobre a pesquisa, leia "Moscas de frutas como vetores potenciais de doenças transmitidas por alimentos", Journal of Food Protection (Vol. 81, Nº 3, 2018, páginas 509-514. doi:10.4315/0362-028X.JFP-17-255 ).

Sobre a Ecolab
Uma parceira de confiança em aproximadamente três milhões de localidades, a Ecolab (ECL) é líder mundial em tecnologias e serviços de água, higiene e energia que protegem pessoas e recursos vitais. Com vendas anuais de US$ 14 bilhões e 48.000 associados, a Ecolab oferece soluções abrangentes, percepções baseadas em dados e serviço personalizado para fornecer alimentos seguros, manter ambientes limpos, otimizar o uso de água e energia e aumentar a eficiência operacional para clientes dos mercados alimentício, cuidados com a saúde, energia, hospitalidade e industrial em mais de 170 países em todo o mundo.

Para obter mais informações sobre a Ecolab acesse www.ecolab.com. Siga-nos no Twitter @ecolab ou Facebook em facebook.com/ecolab.

(ECL-C)

Ecolab Inc.
Roman Blahoski, 651-250-4724
MediaRelations@Ecolab.com

CONTATOS DE MÍDIA

BRASIL
Carolina Simonetti
Gerente de Comunicações, Brasil
Telefone: +55 11 2134 2649 ou por e-mail

Valeria Prado
Diretora de Comunicações, América Latina
Telefone: +1 954 436 2668 ou por e-mail

Antonia Lang
Vice-Presidente de Comunicações, Nalco Water Global
Telefone: +1 630 305 2260 ou por e-mail

Kate Askew
Diretora de Comunicações Corporativas
Telefone: +41 78 655 3005 ou por e-mail

Para assuntos não relacionados à mídia,
ligue para +41 44 877 2000

Viktoria Filippova
Gerente de Comunicações Corporativas
Telefone: +7 495 980 72 12 ou por e-mail

Naazi Feizi
Diretor de Comunicações, chefe regional para Oriente Médio e África
Telefone: +971 4 8146961 ou por e-mail

Para assuntos não relacionados à mídia,
ligue para +41 44 877 2000

Jacqui Daws
Gerente de Comunicações
Telefone: +65 9295 1026 ou por e-mail

Para assuntos não relacionados à mídia,
ligue para +86 21 6237 1000

Doris Qian
Gerente de Comunicações Corporativas
Telefone: +8621 6183 2465 ou por e-mail

Para assuntos não relacionados à mídia,
ligue para +8621 6183 2500

MÍDIA SOCIAL