1. Início
  2. Mantenha-se alerta contra doenças transmitidas por alimentos

Mantenha-se alerta contra doenças transmitidas por alimentos

Como manter os ganhos de segurança de alimentos conquistados no ano passado

04 de junho de 2021
A four-tile infographic showcasing a story of food safety for World Food Safety Day. The first tile depicts a farmer, produce and livestock. The second shows produce getting washed. The third is groceries in a shopping bag, and the forth is a mask-donning cook preparing food in a kitchen, and the Ecolab logo.

O Dia Mundial da Segurança de Alimentos serve como um lembrete da importância de protocolos de higiene adequados, soluções e treinamento para garantir alimentos seguros do campo até a mesa.

Pode parecer desafiador encontrar resultados positivos da pandemia da COVID-19, mas há uma fresta de esperança para a indústria de alimentos que vale a pena notar: uma queda drástica nas doenças transmitidas por alimentos.

No último ano, estudos mostraram que nossas medidas globais de proteção contra o coronavírus — uso de máscaras, distanciamento físico, melhoria das práticas de higiene e desinfecção — também podem ter contribuído para a redução das doenças transmitidas por alimentos. Um estudo realizado nos EUA no ano passado descobriu uma redução de 86% nas infecções por norovírus, uma das principais causas de doenças transmitidas por alimentos.

Esse é um declínio notável e um forte lembrete de que doenças transmitidas por alimentos são evitáveis e bons hábitos de higiene fazem parte da equação. Em reconhecimento ao Dia Mundial da Segurança de Alimentos em 7 de junho, contamos com especialistas da Ecolab para avaliar como podemos evitar a complacência e continuar a minimizar os riscos à segurança de alimentos, ao mesmo tempo que abordamos os principais desafios que as empresas enfrentam quando voltam às operações completas.

Amanda Bakken

Amanda Bakken

Química-Chefe de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia, Institucional

A pandemia criou uma mudança cultural em torno da limpeza, higiene e segurança de alimentos. A melhor maneira de garantir que isso aconteça é definir expectativas claras para uma limpeza visível contínua internamente com a equipe, bem como com os clientes. Quando os clientes perceberem a seriedade com que uma empresa está tomando precauções, eles se sentirão seguros e confortáveis.

Também é importante que mudemos a narrativa em torno dos protocolos de limpeza e mostremos que eles não tratam apenas da COVID-19, mas que os continuamos para prevenir doenças transmitidas por alimentos e outras doenças. Vimos efeitos positivos do nível elevado de limpeza e queremos continuar e vê-los no futuro.

O maior desafio na indústria de serviço de alimentação no momento é a mão de obra. Devido às restrições e fechamentos relacionados à pandemia, pode ser desafiador retornar ao quadro de funcionários e níveis de serviço completos. Com o influxo de novos funcionários, será fundamental um treinamento eficaz para manter a segurança de alimentos e o nível de serviço que os clientes esperam e as empresas desejam oferecer. Utilizar a Ecolab e nossas ferramentas, protocolos e procedimentos de treinamento ajudará a apoiar os esforços pessoais e possibilitará um treinamento multidisciplinar eficaz da equipe.

Elaine Black

Dra. Elaine Black

Diretora de Segurança de Alimentos e Saúde Pública

Temos que reconhecer que a queda nas doenças transmitidas por alimentos se deu em grande parte porque todos nós nos tornamos melhores e mais conscientes de nossas próprias práticas de higiene. Estávamos lavando as mãos e aprimorando os protocolos de limpeza e saúde pública. Foi uma mentalidade em que entendemos porque estávamos fazendo esses esforços e nos acostumamos a fazê-los.

A indústria de alimentos tem que aproveitar esse impulso implementando políticas de saúde realmente boas, aprimorando os programas de limpeza e desinfecção e acompanhando as práticas rigorosas de higiene das mãos. Os estabelecimentos devem receber o crédito por isso e incorporar a prática em suas políticas de forma permanente e alertar os clientes de que isso está acontecendo.

À medida que a indústria de alimentos continua a evoluir e se adaptar a eventos como a pandemia, podemos ver mudanças nas regulamentações. É essencial que os estabelecimentos continuem a praticar os princípios básicos de segurança de alimentos de gerenciamento de temperatura, evitando contaminação cruzada e desinfecção.

Rick Stokes

Rick Stokes

Gestor de Suporte Técnico de Área, Alimentos e Bebidas

No início, muitas pessoas não tinham certeza das soluções adequadas de limpeza e higiene para combater o coronavírus e muitas vezes estavam desinfetando demais sem entender a ciência por trás disso. Os fabricantes de alimentos e bebidas foram inundados com novos produtos e informações, e a Ecolab os ajudou a eliminar a confusão e simplificar com soluções e procedimentos que funcionaram.

Também ajudamos os clientes a fazer mais com menos, otimizando a eficiência em um momento de desafios trabalhistas. As tecnologias digitais desempenharam um grande papel e espero que essa tendência continue.

A indústria de alimentos está preparada para as mudanças que o rastreamento digital e a análise de dados podem trazer. Os clientes veem que podem receber dados acionáveis do monitoramento digital em lugares que não esperavam. Temos trabalhado com cientistas de dados e estatísticos para tornar esses dados significativos para nossos clientes, para que eles os entendam e possam usá-los para evitar problemas e simplificar as operações.

Lisa Robinson

Lisa Robinson

Vice-Presidente de Segurança de Alimentos Global e Saúde Pública

No último ano, os profissionais de segurança de alimentos tiveram que mudar e se tornarem profissionais de saúde pública. Eles podiam saber como se portar em um surto de E. coli, mas então tiveram que entender um novo vírus respiratório e como ele impactaria seus negócios. Agora estão trabalhando para usar essa mudança para decidir quais medidas de higiene continuarão usando no futuro.

A pandemia foi um verdadeiro momento de educação para pessoas que não sabiam as diferenças entre limpar, higienizar e desinfetar. Trabalhamos muito no último ano para enfatizar essas diferenças, por que são importantes, e como garantir que os procedimentos corretos estejam em vigor para alcançá-las. A compreensão dessas diferenças continuará a servir bem aos clientes após a pandemia.

Scott Killeen

Scott Killeen

Líder do Programa Técnico de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia para QSR e FRS da Europa

Na Europa, um desafio para a indústria de alimentos que resulta da pandemia é a sustentabilidade e os resíduos de embalagens. Os clientes estão enfrentando um verdadeiro dilema interno. Eles estão tentando reduzir os resíduos de embalagens, a presença de carbono e o uso de plástico, mas não querem comprometer a segurança de alimentos. Estão tentando melhorar o impacto que seus alimentos têm no planeta e a Ecolab está ajudando-os a cumprir suas metas de segurança de alimentos e climática.

No quesito digital, os clientes também estão utilizando a tecnologia para desenvolver maneiras mais eficazes de treinar seus funcionários. Oferecer a eles ferramentas que são mais fáceis de usar em um ambiente digital aumentará as chances de que as coisas sejam feitas de maneira adequada e mais eficiente. Durante o lockdown, nem sempre éramos capazes de nos encontrar pessoalmente com nossos clientes da maneira como estávamos acostumados. Usando soluções digitais, eles não precisaram esperar por esse contato pessoal para receber atendimento. Espero que esses serviços continuem após a pandemia.

Joy Herdt

Joy Herdt

Líder de Programa de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia, Controle de Pragas

Uma coisa que mudou na indústria de alimentos é um maior entendimento dos clientes de que o manejo integrado de pragas é muito necessário para a segurança de alimentos.

Protocolos de limpeza adequados são a chave para o controle de pragas e causam o maior impacto. Nós realmente incentivamos nossos clientes a continuar seus programas de desinfecção e melhorá-los tanto quanto possível, porque isso funciona. A indústria tem feito um trabalho incrível respondendo aos desafios desta pandemia e deve continuar a melhorar seus programas de desinfecção no futuro.

Para todas as indústrias — e não apenas a de alimentos —, o monitoramento digital será muito importante no futuro. O fornecimento de dados digitais em tempo real oferece conveniência e a capacidade de prevenir ou resolver problemas rapidamente. Quanto mais aumentamos nossas ofertas digitais, melhor podemos atender nossos clientes e garantir operações limpas e seguras com mais eficácia.

Notícias relacionadas

 

 


Para obter mais informações sobre segurança de alimentos

Parceria para fornecer alimentos seguros

Saiba como a Ecolab se une a empresas do setor alimentício para evitar doenças transmitidas por alimentos com nossas tecnologias de segurança de alimentos e desinfecção em toda a supply chain alimentar.

Ecolab associate test food safety protocols at a McDonalds
Inclusão da segurança de alimentos no plano de resposta da sua empresa

Lisa Robinson, vice-presidente de Segurança de Alimentos Global e Saúde Pública, sobre o papel que a segurança de alimentos desempenhou no modo como as empresas estão enfrentando desafios durante a pandemia de COVID-19.

Person using spray bottle
Práticas de segurança alimentar de alto nível podem ajudá-lo a resistir e superar a pandemia

Lisa Robinson, vice-presidente de Segurança de Alimentos Global e Saúde Pública, discute como a priorização da segurança alimentar ajuda a manter os funcionários seguros e os negócios prosperando.